V SERNEGRA decolonialidade e antirracismo

21/07/2016

SERNEGRA 2016
A quinta edição da Semana de Reflexões sobre Negritude, Gênero e Raça (SERNEGRA 2016) propõe trazer para o debate e para a luta antirracista no Brasil a Teoria (e a práxis) Decolonial, ainda não muito divulgada entre nós.
Fundada no trabalho de pensadores negros como Franz Fanon e Amílcar Cabral, a Teoria Decolonial vem construindo na última década uma interpretação libertária da América Latina centrada no enfrentamento da desigualdade racial, que é vista como intrínseca à modernidade/colonialidade.
Abordando três eixos centrais: a colonialidade do poder, do saber e do ser, a decolonialidade tem se debruçado sobre questões como a geopolítica do poder, a colonialidade epistemológica, a possibilidade de uma arte e de uma pedagogia decolonial, entre outras.
O simpósio SERNEGRA 2016 estará especialmente, mas não exclusivamente, aberto a propostas de Seções Temáticas próximas, ou que queiram se aproximar, ao debate decolonial e às suas abordagens sobre gênero e raça. Outras propostas não necessariamente envolvidas com o debate decolonial também serão aceitas nesse espaço de discussão acadêmica plural e não hierárquico que tentamos construir a cada ano.
Convidamos antig@s e nov@s parceir@s a apresentarem , até o dia 02 de junho, suas propostas de Seção Temática para o Simpósio SERNEGRA 2016 e nos ajudarem, mais uma vez, a construir esse espaço.
Acesse o formulário e submeta sua proposta: http://bit.ly/sernegra2016-STs
Contato: sernegra@ifb.edu.br           #vemcomagente  #semtemer

 

O que é o SERNEGRA? 

Semana de Reflexões sobre Negritude, Gênero e Raça é um evento técnico-científico do Instituto Federal de Brasília (IFB), idealizado e organizado pelo Grupo de Pesquisa Estudos Culturais sobre Classe, Gênero e Raça, realizado pelo Campus Brasília (CBRA) e Pró-reitoria de Extensão (PREX). A III edição do evento objetiva provocar a reflexão sobre miscigenação e negritude em suas diversas dimensões.

A interculturalidade norteia o evento que conta com apresentações artísticas, oficinas, debates, filmes, palestra, simpósios temáticos com algumas das principais personalidades acadêmicas, artísticas e políticas que se dedicam ao debate e enfrentamento das questões raciais e de gênero em nosso país. Ademais, o mês de novembro faz parte do calendário nacional da conscientização da história e da cultura negra, fato que fortalece a missão do evento.

Entendemos que um evento, apesar de ter, por um lado, sua limitação temporal que o torna restrito e muitas vezes artificial devido ao afastamento do cotidiano da vida, por outro lado, tem a capacidade de condensar o tempo e o espaço, potencializando inquietações que, se bem conduzidas, podem levar ao despertar duradouro para as questões trazidas pelo evento. Essa é a proposta do SERNEGRA, ser uma cunha que ajude a trazer definitivamente para o IFB o debate sobre e a inclusão racial e de gênero, já preconizado pela legislação. Assim, estamos seguras de que o SERNEGRA pode vir a contribuir para tudo isso, e de que esse potencial só se efetivará com a participação significativa de nossa comunidade escolar.

http://sernegraifb.wix.com/sernegra#!o-que-/czom